Petros lamenta saída de Pinotti do São Paulo: "Era tudo o que a gente menos precisava"

Por D.D.ANDRE 07/12/2017 - 14:23 hs

Um dos líderes do elenco do São Paulo, o volante Petros lamentou a saída do diretor executivo de futebol, Vinícius Pinotti, que pediu demissão nesta quarta-feira por divergências com o presidente Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco.

– Era tudo que o a gente menos precisava de presente de Natal. Acabei de saber, estava jogando. A gente precisa ver o que aconteceu. É um cara que estava totalmente disposto a mudar o São Paulo. É difícil opinar sem saber, precisa analisar o que aconteceu, mas era tudo o que menos precisávamos como presente de fim de ano – afirmou o meio-campista.

Curiosamente, após a partida do último domingo, contra o Bahia, Petros era um dos mais esperançosos em ver o São Paulo disputar títulos em 2018. Agora, resta esperar os próximos passos no comando do futebol tricolor.

Pinotti era elogiado pelo grupo pelo estilo de trabalho. Desde que ele tinha assumido o comando do futebol – em abril, após a eleição presidencial de Leco –, os atletas se sentiam mais blindados dentro do clube.

O agora ex-diretor executivo de futebol também já estava tocando algumas negociações para reforçar a equipe. Ele deixou adiantadas as compras do goleiro Jean, que pertence ao Bahia, e do volante Jucilei, que atuou por empréstimo no Tricolor em 2017, mas pertence ao Shandong Luneng, da China.

Raí é o preferido de Leco para assumir o comando do futebol. O ex-jogador e ídolo tricolor já é membro do Conselho de Administração do clube.