Neto assume com desafio de resgatar credibilidade do TCE

Por D.D.ANDRE 21/12/2017 - 01:23 hs

A 54ª Mesa Diretora do Tribunal de Contas de Mato Grosso (TCE-MT) tomou posse em sessão solene nesta quarta-feira (20.12). Durante a cerimônia, realizada no auditório da Escola Superior de Contas, o conselheiro Gonçalo Domingos de Campos Neto foi empossado como presidente da Corte de Contas para o biênio 2018/2019, tendo como vice-presidente o conselheiro interino Luiz Henrique Lima e, como corregedor-geral, o conselheiro interino Isaías Lopes da Cunha.

Prestigiaram a solenidade de posse o governador do Estado, Pedro Taques; o presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Rui Ramos; o presidente da Assembleia Legislativa, deputado estadual Eduardo Botelho; o vice-procurador geral de Justiça, Marcelo Ferra, além da prefeita de Várzea Grande, Lucimar Sacre de Campos. O auditório, com capacidade para mais de 500 convidados, ficou lotado.

A nova Mesa Diretora do TCE-MT tem uma configuração histórica, já que é a primeira vez nos 64 anos de fundação da Corte de Contas que conselheiros substitutos, na condição de conselheiros interinos, integram a direção. O fato é inédito em todo o país.

Os novos dirigentes do Tribunal de Contas assumem com o desafio de consolidar o processo de implantação do novo modelo de controle da gestão dos recursos públicos, iniciado em 2016, que redirecionou o foco do Tribunal de Contas para as auditorias e fiscalização concomitante; dar ênfase na aferição dos resultados da atividade judicante com o cumprimento dos prazos de julgamento dos diversos tipos de processos que tramitam na Casa, fazendo o acompanhamento sistemático do cumprimento das decisões para certificar a efetividade do TCE; bem como mostrar os benefícios do controle externo, assegurando transparência nas suas ações e facilidade de acesso ao cidadão àquelas informações relativas aos órgãos jurisdicionados.

Sobre o momento em que assume o comando da instituição de forma efetiva, já que desde setembro atuava como presidente em substituição legal, o presidente Domingos Neto disse que "crises se superam com trabalho, e eu acrescento, com trabalho, ideias, ideais, com parcerias, compartilhando informações e utilizando ferramentas tecnológicas".

O conselheiro presidente reconheceu que há necessidade de resgatar a confiança da sociedade na instituição. "A sociedade, infelizmente, está desacreditada da efetividade das instituições, não apenas do Tribunal de Contas. É preciso resgatar a credibilidade, e para isso, confio no trabalho, comprometimento com a realidade e foco nos resultados de todos [membros e corpo técnico] desta Corte. Tenho certeza que, com o apoio e empenho de todos, vamos alcançar este objetivo", afirmou Domingos Neto.

Perfil da nova Mesa Diretora do TCE

Presidente

Conselheiro Gonçalo Domingos de Campos Neto é natural de Várzea Grande-MT, 44 anos. É graduado em Administração com Ênfase em Análise de Sistema; pós-graduado em Gerência de Cidades e em Direito Público com Ênfase em Gestão Pública. É conselheiro efetivo desde 2008.

Vice-Presidente

Conselheiro Interino Luiz Henrique Lima é natural de Concórdia -SC, 57 anos. É doutor em Planejamento Energético, Mestre em Planejamento Energético, Especialista em Finanças Corporativas e Bacharel em Ciências Econômicas. É conselheiro substituto na condição de Conselheiro Interino, tendo ingressado no Tribunal de Contas em 28 de janeiro de 2009, sendo um dos decanos dos Conselheiros Substitutos.

Corregedor-Geral

Conselheiro Interino Isaías Lopes da Cunha é Natural de Nioaque – MS, 47 anos. É Graduado em Direito e em Ciências Contábeis, pós-graduando em Contabilidade Pública e Responsabilidade Fiscal e em Direito do Estado e Administração Pública pela Fundação, pós-graduado em Direito na Administração Pública pela Universidade Castelo Branco/Exército Brasileiro e em Gestão da Administração Pública pela Universidade; pós-graduado em Gerenciamento de Micro e Pequenas Empresas e tem curso de Aperfeiçoamento para Auditor Público do Estado pela Escola do Governo de MT. É Conselheiro Substituto desde 2009.