Carille deve manter esquema tático do Corinthians em Dérbi: "Jogo grande"

Carille deve manter esquema tático do Corinthians em Dérbi: "Jogo grande"

Por LUCAS DE OLIVEIRA 20/02/2018 - 00:39 hs

A mudança no esquema tático promovida pelo Corinthians deve continuar no clássico deste sábado contra o Palmeiras, às 17h (de Brasília), em Itaquera.

Apesar do empate por 1 a 1 com o RB Brasil, nesta segunda-feira, em Campinas, o técnico Fábio Carille destacou pontos positivos da equipe, escalada no 4-2-3-1, mesmo sistema utilizado na campanha do título brasileiro do ano passado.

 Muito provável que agora eu passe a jogar com dois (volantes) por trás – avisou o técnico.

Nesta segunda, Renê Júnior e Camacho formaram dupla à frente da zaga – Gabriel, pendurado, foi poupado e ficou no banco de reservas. Além disso, Jadson perdeu vaga no time. O Timão perdeu criatividade, mas foi mais sólido na defesa. Fez 1 a 0, com gol contra de Tiago Alves, mas sofreu o empate com Juninho Capixaba, também contra.

– Na verdade, foi uma mudança de característica. Com Rodriguinho e Jadson, tinha de criar mais e chegar mais no gol adversário, e isso não estava acontecendo. Mudei, hoje achei a equipe mais consistente, mais concentrada, rodando a bola, com posse. Mas fomos infelizes no gol que tomamos – analisou Carille.

Há três jogos sem vencer no Paulistão, o Corinthians não se sente pressionado para o clássico.

Muito se fala, se ganhar acende, se não ganhar acende o adversário. A gente comenta muito no resultado. É jogo grande, espero que não tenha confusões e que vença o melhor – desejou Fábio Carille.

O Corinthians volta ao trabalho nesta terça-feira, quando faz jogo-treino contra o mesmo RB Brasil.