Connect with us

ESPORTE

Cruzeiro busca vaga na Sul-Americana contra o Palmeiras na última rodada do Brasileirão

Publicado

em

O Cruzeiro entrará em campo, na noite desta quarta-feira, pela última vez na temporada 2023. Após sacramentar a permanência na Série A na rodada passada, o time celeste luta pelo objetivo de classificação para a Copa Sul-Americana nesta última rodada do Campeonato Brasileiro. O adversário desta partida final será o Palmeiras. O confronto está marcado para 21h30, no Mineirão.

Com 46 pontos conquistados, o Cruzeiro é o 14º colocado no Brasileirão e garantirá a classificação para a Sul-Americana se permanecer nessa posição ou ganhar posições nesta rodada. Diante do Palmeiras, um empate bastará para alcançar o objetivo. Mas caso o Cruzeiro sofra a derrota, precisará torcer por um tropeço do Santos, que é o 15º colocado com 43 pontos.

Após o empate contra o Botafogo, no último domingo, no Rio de Janeiro, os atletas cruzeirenses tiveram a segunda-feira dedicada ao descanso para recuperação. Na tarde de terça, o elenco fez o único treinamento para a rodada final do Brasileirão. Com cinco jogos de invencibilidade nesta reta final, o Cruzeiro tentará fechar essa sequência intensa com mais um resultado positivo.

Para o duelo contra o Palmeiras, a Raposa não terá desfalques por suspensão. Em contrapartida, a comissão técnica liderada por Paulo Autuori ganha o retorno do lateral-direito William, que cumpriu suspensão na rodada anterior devido ao terceiro cartão amarelo.

O time celeste terá a ausência de Mateus Vital nesta quarta-feira. O meio-campista, que vem apresentando dores devido a um trauma no pé direito, sofrido no início da semana passada, não terá condições de atuar plenamente neste compromisso. Outro desfalque será o zagueiro Neris, liberado da partida por questões familiares.

No departamento médico, seguem em tratamento o volante Filipe Machado, com uma lesão muscular na coxa esquerda; o atacante Wesley, que foi submetido a procedimento cirúrgico no ombro esquerdo; o volante Matheus Jussa, que sofreu uma lesão muscular na coxa direita; o volante Ramiro, recuperando-se de uma ruptura do ligamento cruzado anterior e também uma lesão no menisco lateral do joelho direito; e o atacante Rafael Bilu, que se recupera de uma ruptura no tendão de aquiles da perna esquerda.

NA HISTÓRIA: CRUZEIRO x PALMEIRAS

Um dos maiores clássicos do futebol brasileiro, Cruzeiro e Palmeiras já travaram diversas batalhas em jogos decisivos de copas e campeonatos. Ao longo da história, a memória mais marcante para o lado celeste é o inesquecível título da Copa do Brasil de 1996, quando os times empataram por 1 a 1 no jogo de ida da final, no Mineirão, e o Cruzeiro derrotou o adversário paulista por 2 a 1, de virada, dentro do estádio Parque Antártica para conquistar o bicampeonato da Copa do Brasil naquele ano.

No Campeonato Brasileiro, Cruzeiro e Palmeiras também já lutaram frente a frente pelo título. Em 1969, quando a competição se chamava Torneio Roberto Gomes Pedrosa, Cruzeiro e Palmeiras encerraram o quadrangular final empatados em pontos, porém o time paulista levou o título por ter 1 gol a mais de saldo.

No retrospecto do Brasileirão, entretanto, o Cruzeiro soma mais vitórias que o Palmeiras. São 24 triunfos, contra 22 vitórias do Palmeiras, além de 19 empates em 65 partidas até aqui.

Já o retrospecto total da história apresenta-se ainda mais equilibrado. Os times estão igualados em vitórias neste momento. São 35 triunfos celestes, 35 do Palmeiras, além de 28 empates em 98 jogos disputados.

Na temporada 2024, os tradicionais ‘Palestras’ alcançarão a histórica marca de 100 confrontos.


CONFRONTO:

CRUZEIRO x PALMEIRAS

DATA: 06/12/2023

HORÁRIO: 21h30
MOTIVO: Campeonato Brasileiro – 38ª rodada
LOCAL: Mineirão, em Belo Horizonte

RETROSPECTO: Cruzeiro x Palmeiras
98 jogos (35 vitórias, 28 empates e 35 derrotas)
136 gols marcados / 145 gols sofridos

Fonte: Esportes

Continue Lendo

ESPORTE

Fifa reconhece o Palmeiras como primeiro Campeão Mundial de Clubes

Publicado

em

Por

Na noite da última sexta-feira (01.03), o Palmeiras foi agraciado com um documento histórico: a ata juramentada e traduzida da Fifa, reconhecendo a Copa Rio de 1951 como a primeira competição mundial de clubes. A entrega solene foi feita pelo ex-ministro do Esporte, Aldo Rebelo, em um evento realizado no Palazzo Verde, museu particular do Palmeiras, localizado nas proximidades do Allianz Parque.

A data registrada no documento, datado de 7 de junho de 2014, confirma o reconhecimento prévio da Fifa à Copa Rio 1951 como o primeiro torneio global entre clubes.

O Palmeiras conquistou o título ao derrotar a Juventus no lendário estádio do Maracanã. O time Alviverde venceu o primeiro jogo por 1 a 0 e empatou o segundo por 2 a 2, em uma partida memorável ocorrida em 22 de julho de 1951. Além do Palmeiras e da Juventus, a competição contou com a participação de clubes como Vasco, Estrela Vermelha, Sporting, Austria Viena, Olympique de Nice e Nacional-URU.

Para obter o merecido reconhecimento desse feito histórico, o Palmeiras compilou um extenso dossiê em 2006, contendo reportagens e informações detalhadas sobre a Copa Rio. A ata do Comitê Executivo da Fifa foi enviada ao governo brasileiro, ressaltando a concordância com o pedido da CBF para oficializar o torneio vencido pelo Palmeiras em 1951 como o primeiro Campeonato Mundial de Clubes.

O documento em questão, referente à 31ª reunião do Comitê Executivo da Fifa, ocorrida no Grand Hyatt, em São Paulo, em 7 de junho de 2014, encontra-se disponível para consulta online no site oficial do Palmeiras.

Apesar do reconhecimento oficial da Fifa, é importante salientar que a entidade máxima do futebol reconhece em seu site apenas os Mundiais de sua própria organização, a partir do ano 2000. No entanto, a história e o legado da Copa Rio de 1951 permanecem vivos e agora contam com o merecido respaldo da instancia máxima do futebol mundial.

Fonte: Esportes

Continue Lendo
queiroz

Publicidade

Câmara de Vereadores de Porto Esperidião elege Mesa Diretora