Governador anuncia que salários dos servidores voltam a ser pagos dentro do mês trabalhado

Por DA REDAÇÃO 23/09/2020 - 09:58 hs

A medida já vale para este mês de setembro, cujo pagamento já será feito na próxima quarta-feira (30.09)

SECOM-MT

O governador Mauro Mendes anunciou nesta terça-feira (22.09) que os salários dos servidores voltarão a ser pagos dentro do mês trabalhado. A medida já vale para este mês de setembro, cujo pagamento já será feito na próxima quarta-feira (30.09).

“É com muita satisfação que anuncio para todos os servidores do Estado de Mato Grosso que os salários voltam a ser pagos dentro do mês trabalhado, isso significa que voltamos a pagar no último dia útil de cada mês e, agora em setembro, os salários serão efetivados no dia 30”, destacou Mauro Mendes.

Ele lembrou que ao iniciar a gestão, os salários estavam atrasados e com os ajustes, em poucos meses já foi possível pagar no dia 10 de cada mês. Nos últimos meses, os pagamentos eram feitos no dia 5 e, no dia 4 de setembro, foi possível quitar os vencimentos de agosto.

Por tudo isso, o chefe do Executivo Estadual agradeceu o apoio da Assembleia Legislativa e o empenho dos servidores que atuaram na recuperação econômica do Estado.

“Tivemos muito trabalho em 2019, com dificuldades de caixa, e este ano, com a pandemia. Mas esse é um sinal claro de que todas as medidas que tomamos lá no começo do ano passado e outras tomadas em 2020 estão produzindo resultados positivos”, afirmou o governador.

Mauro Mendes elencou as obras de infraestrutura, na saúde e educação que hoje são tocadas pelo Estado e permitem a geração de mais de 10 mil empregos. Só para citar como exemplo, o Governo investe R$ 1 bilhão em obras em rodovias e pontes, R$ 150 milhões na construção e reforma de escolas e na modernização de unidades de saúde em todo o Estado.

“Nos próximos dias anunciaremos os investimentos para 2021 e tenho certeza de que teremos um ano que vem ainda melhor. Mato Grosso pode voltar a se colocar como um estado promotor de desenvolvimento, com políticas públicas em todas as áreas”, concluiu ele.