Operação Hades cumpre 24 ordens judiciais em investigação sobre crime organizado em Pontes e Lacerda

Durante as buscas, os policiais civis apreenderam diversas armas, munições, veículo, dinheiro e entorpecentes.

Por DA REDAÇÃO 14/10/2020 - 23:54 hs

Assessoria/Polícia Civil-MT

A Polícia Civil de Pontes e Lacerda (448 km a oeste de Cuiabá), deflagrou na manhã desta quarta-feira, 14 de outubro, a Operação Hades, para cumprimento a 24 mandados judiciais de prisões e de buscas e apreensões em ação de combate ao crime organizado no município.

De acordo com o delegado de Pontes e Lacerda, Alexandre Nazareth, até o momento quatro pessoas foram presas em flagrante por tráfico, associação para o tráfico de drogas e posse irregular de arma de fogo, além dos cumprimentos de 19 ordens judiciais entre buscas e apreensões e prisões.

Durante as buscas, os policiais civis apreenderam diversas armas, munições, veículo, dinheiro e entorpecentes.

Uma das armas aprendidas, uma pistola 9 mm, foi possivelmente utilizada em um duplo homicídio praticado no município. Outros materiais apreendidos na operação são: aproximadamente 1 quilo de entorpecentes entre pasta base e maconha, 80 munições de diversos calibres (380, 9mm e 38), um automóvel VW/Gol, uma espingarda calibre 22, aparelhos celulares, R$ 1.425,00 em dinheiro e duas balanças de precisão.

As investigações da Polícia Civil que culminaram com a deflagração da Operação Hades apuram diversos crimes ocorridos no município, com envolvimento de facções criminosas, como três homicídios e várias tentativas de homicídios.

O delegado Alexandre Nazareth destaca o empenho de todos os profissionais da instituição para chegar ao esclarecimento dos crimes e à responsabilização dos envolvidos.

O nome da operação faz menção a Hades, que na mitologia grega é conhecido por ser o deus do submundo, que governa o mais sombrio território do mundo.