Connect with us

ESPORTE

São Paulo faz virada histórica contra o Corinthians na primeira final do Paulistão Feminino

Publicado

em

São Paulo impõe sua superioridade contra o Corinthians na Vila Belmiro, virando o jogo por 2 a 1 e assumindo a vantagem na disputa pelo título do Paulistão Feminino. Os gols de Aline e Ariel foram determinantes para o Tricolor interromper a sequência invicta de 25 jogos das ‘Brabas’.

Com esse resultado, a equipe comandada por Thiago Viana está mais próxima de conquistar seu primeiro troféu desde a sua reativação em 2019. Um empate na próxima semana é suficiente para a equipe do Morumbi garantir o título.

O último confronto entre Corinthians e São Paulo acontecerá no próximo fim de semana, na Neo Química Arena, às 10h30 (horário de Brasília) de domingo (26). No caso de uma vitória alvinegra por um gol de diferença, a decisão será decidida nos pênaltis.

Com um começo de jogo disputado pelas duas equipes, o Tricolor saiu atrás do placar aos 32 minutos. Mas conseguiu crescer e empatar com Aline, aos 40, em um forte voleio na entrada da área. O Tricolor quase conseguiu virar o jogo ainda no primeiro tempo, mas teve o gol de Ariel anulado.

No segundo tempo, o Tricolor começou a buscar a vitória na Vila Belmiro chuvosa. A virada veio aos 31 minutos, com o pênalti sofrido por Dudinha, que foi convertido por Ariel Godoi, que bateu no canto direito da goleira, consagrando a virada Tricolor.

Com a vantagem do empate, o Tricolor enfrenta novamente o Corinthians no próximo domingo (26), às 10h30, na Neo Química Arena, em busca do terceiro título estadual. Caso o time são-paulino seja derrotado por um gol de diferença, a disputa será nas cobranças de pênaltis.

SÃO PAULO: Carlinha; L. Alves, Ana Alice, Mimi (Pardal, 40/2T) e Fe Palermo (Dani, 36/2T); Maressa, Aline (Dudinha, 24/2T) e Rafa Mineira (Robinha, 1/2T);  Micaelly (Glaucia, 24/2T), Ariel Godoi (Cacau, 41/2T) e Mariana S. Técnico: Thiago Viana

CORINTHIANS: Lelê; Kati (Isabela, 30/2T), Tarciane, Mariza (Giovanna Campiolo, 44/2T) e Yasmin (Fernanda, 20/2T); Luana Bertolucci (Duda Sampaio, 1/2T), Gabi Zanotti (Jheniffer, 20/2T) e Gabi Portilho; Tamires, Vic Albuquerque (Ju Ferreira, 20/2T) e Millene(Diany, 30/2T). Técnico: Rodrigo Iglesias

Árbitra: Mariana Nani Batalha

Auxiliar 1: Neuza Inês Back

Auxiliar 2: Izabele de Oliveira

Quarta árbitra: Fernanda dos Santos Ignacio de Souza

Árbitro de vídeo: Adriano de Assis Miranda

Fonte: Esportes

Continue Lendo

ESPORTE

Atlético-MG vence o São Paulo e sai do jejum no Brasileirão

Publicado

em

Por

O São Paulo foi derrotado pelo Atlético-MG por 2 a 1 na Arena MRV, em Belo Horizonte, nesta quinta-feira, em partida válida pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro. Os gols do Galo foram marcados por Vargas e Paulinho, enquanto Lucas descontou para o Tricolor.

Com a derrota, o São Paulo, comandado por Luis Zubeldía, perdeu a invencibilidade de quatro jogos e permanece na quinta posição com 27 pontos. Já o Atlético-MG, que não vencia há três partidas, subiu para a décima colocação, somando agora 21 pontos.

Primeira Tempo

O jogo começou com o Atlético-MG pressionando e dominando a posse de bola. Aos 12 minutos, Hulk cobrou uma falta de longa distância, e o goleiro Rafael espalmou para dentro da área. Vargas aproveitou o rebote e abriu o placar para o Galo.

O São Paulo reagiu rapidamente. Aos 17 minutos, em um escanteio, Lucas dominou a bola na área, girou e chutou rasteiro, empatando a partida. O Tricolor quase virou aos 21 minutos, quando Luciano finalizou com perigo após um cruzamento.

Ferreira teve uma grande chance aos 22 minutos, mas o goleiro Matheus Mendes fez uma defesa crucial. O Atlético-MG voltou a pressionar e, aos 31 minutos, Scarpa chutou para fora após cortar para o meio. Aos 35 minutos, Igor Vinícius encontrou Ferreirinha, que chutou forte, mas a bola foi bloqueada por Battaglia.

O Galo voltou a assustar aos 36 minutos com uma finalização de Scarpa, defendida por Rafael. No entanto, aos 47 minutos, Scarpa chutou da entrada da área, a bola desviou em Paulinho e enganou Rafael, colocando o Atlético-MG novamente na frente.

Segundo Tempo

Mesmo em vantagem, o Atlético-MG começou o segundo tempo pressionando. Guilherme Arana quase ampliou o placar logo no primeiro minuto, mas Rafael fez uma boa defesa. O São Paulo quase empatou aos oito minutos, quando Ferreira finalizou colocado, mas a bola passou perto da trave.

A situação do São Paulo se complicou aos 13 minutos, quando Alan Franco foi expulso após atingir o calcanhar de Otávio com a sola do pé, após revisão do VAR. Com um jogador a menos, o Tricolor ainda teve uma chance aos 20 minutos, mas Matheus Mendes fez duas defesas seguidas em chutes de Luiz Gustavo e Luciano.

Com a vantagem numérica, o Atlético-MG dominou o restante do segundo tempo, administrando o placar e impedindo qualquer reação significativa do São Paulo. O Tricolor, apesar de algumas tentativas, não conseguiu superar a defesa do Galo e acabou saindo de campo derrotado.

 Próximos Confrontos

O São Paulo terá quase uma semana para se preparar para o próximo compromisso. Na quarta-feira, a equipe tricolor recebe o Grêmio no Morumbi, às 20h (de Brasília), pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro. Já o Atlético-MG volta a campo na terça-feira, quando enfrenta o Juventude no Mané Garrincha, em Brasília, às 19h.

Com a derrota, o São Paulo perde a oportunidade de retornar ao G4, enquanto o Atlético-MG ganha um fôlego extra na competição, buscando se aproximar das primeiras posições.

FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO-MG 2 X 1 SÃO PAULO

Local: Arena MRV, em Belo Horizonte (MG)
Data: 11/07/2024
Horário: às 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (CE)
Assistentes: Rafael da Silva Alves (Fifa-RS) e Leone Carvalho Rocha (GO)
Cartões amarelos: Battaglia e Hulk (Atlético-MG); Zubeldía e Luiz Gustavo (São Paulo)
Cartões vermelhos: Alan Franco (São Paulo)

GOLS: Vargas, aos 12′ do 1ºT (Atlético-MG); Lucas, aos 17′ do 1ºT (São Paulo); Paulinho, aos 47′ do 1ºT (Atlético-MG)

ATLÉTICO-MG: Matheus Mendes; Saravia, Battaglia, Bruno Fuchs e Guilherme Arana; Otávio, Alan Franco e Gustavo Scarpa; Vargas (Cadu), Paulinho (Palacios) e Hulk. Técnico: Gabriel Milito

SÃO PAULO: Rafael; Igor Vinícius (Rafinha), Arboleda, Alan Franco e Welington; Luiz Gustavo e Alisson; Lucas (Erick), Luciano (Wellington Rato) e Ferreirinha (Rodrigo Nestor); Calleri (André Silva). Técnico: Luis Zubeldía

Fonte: Esportes

Continue Lendo
WhatsApp Image 2024-03-04 at 16.36.06
queiroz

Publicidade

Câmara de Vereadores de Porto Esperidião elege Mesa Diretora