Connect with us

POLÍCIA

Seis envolvidos em furtos, receptação e venda de produtos ilícitos pela internet são presos em Sorriso

Publicado

em

Seis pessoas suspeitas de envolvimento em diversos crimes de furtos a residência e receptação de material furtado foram presas em flagrante pela Polícia Civil, na tarde de segunda-feira (01.02), em investigações conduzidas pela Delegacia de Sorriso (442 km ao norte de Cuiabá). Os produtos subtraídos pelos investigados, posteriormente eram comercializados em plataformas na internet.

Os suspeitos foram localizados em uma residência em posse de vários objetos de origem ilícita e foram autuados em flagrante pelos crimes de furto qualificado pelo rompimento de obstáculo e concurso de pessoas, receptação qualificada pelo exercício de atividade comercial clandestina e associação criminosa.

As investigações começaram no início do mês de março após uma série de furtos a residência ocorridos no município. Com base no último crime, ocorrido no dia 29 de março, os policiais civis conseguiram identificar três autores dos furtos, que foram localizados em uma residência na cidade com diversos objetos pertencentes às vítimas.

No local, também foram encontrados três receptadores, responsáveis por revender os objetos furtados mediante exposição em uma plataforma em uma rede social da internet.

Diante da situação de flagrante, os seis suspeitos foram conduzidos à Delegacia de Polícia de Sorriso, onde foram autuados pelos crimes de furto qualificado pelo rompimento de obstáculo e concurso de pessoas, receptação qualificada pelo exercício de atividade comercial clandestina e associação criminosa.

Segundo o delegado responsável pelas investigações, Paulo César Brambilla, estima-se que os furtadores tenham cometido, ao menos, seis furtos na cidade. “Ao final do procedimento de flagrante, também foi representado ao Poder Judiciário pela decretação da prisão preventiva de todos os envolvidos, considerando a reiteração delitiva dos agentes”, disse o delegado.

Fonte: Policia Civil MT – MT

Continue Lendo

POLÍCIA

Polícia Civil cumpre buscas para apreender celulares de investigados como mandantes da morte de advogado

Publicado

em

Por

A equipe da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa cumpriu um mandado de busca e apreensão na residência de um casal investigado como mandante da morte ado advogado Roberto Zampieri, ocorrida em dezembro passado.

A ordem judicial foi cumprida na última sexta-feira (12.04), em um endereço do casal na cidade de Rondonópolis. Foram apreendidos celulares dos investigados, porém, os policiais da DHPP apuraram que o casal já havia trocado os aparelhos que são distintos daqueles usados por eles na época do homicídio do advogado.

Após a busca e apreensão em Rondonópolis, o casal foi encaminhado à DHPP em Cuiabá para interrogatório, contudo, utilizaram o direito constitucional de permanecer em silêncio.

Durante as oitivas, os advogados dos investigados apresentaram o aparelho celular de E.B. que era o utilizado por ela na época do homicídio. Porém, o aparelho do marido dela não está mais com o investigado.

O delegado Nilson André Farias, responsável pelas investigações, pontuou que o comportamento do casal é mais um indício de que ambos são mandantes do homicídio.

A DHPP continua com outras oitivas e conforme prova testemunhal no inquérito, a área objeto da disputa que o casal estava perdendo para o advogado Roberto Zampieri, que representava a parte adversária, está avaliada R$ 100 milhões.

A investigação apontou ainda que a família dos investigados estava em posse da fazenda há aproximadamente 20 anos, mas havia uma discussão em relação ao título de propriedade da área. Quando o casal percebeu que poderia perder a terra e acreditando, em virtude de uma proximidade da vítima com quem competia decidir a causa agrária, decidiu contratar uma pessoa para executar Roberto Zampieri.

O casal permanece em cumprimento de medidas cautelares, com monitoramento de tornozeleira eletrônica.

Fonte: Policia Civil MT – MT

Continue Lendo
WhatsApp Image 2024-03-04 at 16.36.06
queiroz

Publicidade

Câmara de Vereadores de Porto Esperidião elege Mesa Diretora