Connect with us

ESPORTE

Vasco conquista primeira vitória fora de casa no Brasileirão ao vencer o Internacional 

Publicado

em

O Vasco da Gama finalmente somou seus primeiros pontos como visitante no Campeonato Brasileiro. Em um jogo emocionante neste domingo (07.07), o Gigante da Colina venceu o Internacional por 2 a 1 no Beira-Rio, em Porto Alegre, pela 15ª rodada da competição. Este confronto marcou o retorno do Inter ao seu estádio após 70 dias, período em que o Beira-Rio também sofreu com as enchentes que atingiram o Rio Grande do Sul.

Quebra de Jejuns

Com esta vitória, o Vasco quebrou dois jejuns de uma só vez: venceu fora de casa no Brasileirão e encerrou uma sequência de quatro derrotas consecutivas para o Internacional. Este resultado dá um novo ânimo ao time para a sequência do torneio. Após perder seis jogos como visitante, o Vasco finalmente conseguiu uma resposta positiva e agora soma 17 pontos, ocupando a 13ª colocação. O Internacional, com 19 pontos em 13 partidas, está em décimo lugar.

O Internacional começou a partida com mais iniciativa. Aos cinco minutos, Bustos arriscou um chute da entrada da área, mas a bola saiu à esquerda do gol, levando perigo. Aos 18 minutos, Alan Patrick completou um cruzamento da direita, mas Léo Jardim fez uma boa defesa.

O Vasco teve dificuldades para criar oportunidades. Em um raro contra-ataque aos 38 minutos, Bustos desviou a bola para escanteio, impedindo que JP, lançado por Vegetti, finalizasse. No minuto seguinte, na cobrança de escanteio, Renê e Rojas se chocaram pelo alto em uma cena preocupante. Renê caiu desacordado e foi levado de ambulância ao hospital, enquanto Rojas, com um corte, continuou no jogo. O primeiro tempo terminou sem gols.

Segundo Tempo

No intervalo, o técnico Rafael Paiva substituiu Rojas por Lyncon. Aos quatro minutos, Adson obrigou o goleiro Fabrício a fazer uma defesa após um chute da entrada da área. Aos 10 minutos, Alan Patrick quase marcou para o Inter, mas a bola saiu à direita do gol de Léo Jardim. Dois minutos depois, Hyoran também teve uma boa chance, mas errou por pouco.

Rafael Paiva fez mais duas substituições aos 14 minutos, colocando Praxedes e Erick Marcus nos lugares de JP e Rossi. O Vasco abriu o placar aos 15 minutos, quando Robert Renan escorregou e perdeu a bola para Adson, que limpou a marcação e chutou no canto: 1 a 0 para o Vasco no Beira-Rio.

Aos 26 minutos, Fabrício fez uma grande defesa em um desvio de Vegetti após cobrança de escanteio, mas no rebote, Lyncon completou e fez 2 a 0 para o Vasco. O Internacional diminuiu aos 34 minutos, quando Bustos foi lançado pela direita, ganhou da zaga e marcou: 2 a 1. Três minutos depois, Gustavo Prado, que havia acabado de entrar, perdeu uma chance clara de empatar.

Nos minutos finais, o Vasco resistiu à pressão do Internacional. Aos 43 minutos, Rayan chutou cruzado da direita, mas a zaga do Inter afastou. Aos 48 minutos, Robert Renan acertou a trave após um cruzamento da esquerda. O Vasco conseguiu segurar a vantagem e garantiu a vitória no Beira-Rio.

A vitória por 2 a 1 sobre o Internacional marca um ponto de virada para o Vasco no Campeonato Brasileiro. O time conseguiu seus primeiros pontos fora de casa e quebrou uma sequência negativa contra o Inter. Agora, o Gigante da Colina busca manter o embalo na próxima rodada contra o Corinthians, enquanto o Internacional volta suas atenções para a Copa do Brasil.

Próximos Desafios

Na próxima rodada, o Vasco recebe o Corinthians em São Januário, na quarta-feira, às 19h (horário de Brasília). O Internacional, por sua vez, tem um compromisso pela Copa do Brasil contra o Juventude, também na quarta-feira, às 19h, pelo jogo de ida da terceira fase. Ambas as partidas foram remarcadas devido às enchentes no estado.

FICHA TÉCNICA

INTERNACIONAL 1 X 2 VASCO

Local: Beira-Rio, Porto Alegre (RS)
Data: 07/07/2024
Horário: 18 horas (de Brasília)
Árbitro: Gustavo Ervino Bauermann (SC)
Assistentes: Thiaggo Americano Labes (SC) e Gizeli Casaril (SC)
Cartão amarelo: Paulo Henrique e Praxedes (Vasco) e Wesley e Alan Patrick (Internacional)

Gols: Adson, aos 15′ do 2ºT, e Lyncon, aos 26′ do 2ºT (Vasco), Bustos, aos 34′ do 2ºT ( Internacional).

INTERNACIONAL: Fabrício; Bustos, Igor Gomes, Fernando e Renê (Robert Renan); Rômulo, Bruno Henrique (Wesley), Bruno Gomes (Gustavo Prado), Hyoran (Alario) e Alan Patrick; Lucca Drummond (Wanderson). Técnico: Eduardo Coudet.

VASCO: Léo Jardim; Paulo Henrique, Robert Rojas (Lyncon), Léo e Leandrinho; Mateus Carvalho (Zé Gabriel), Sforza e JP (Praxedes); Adson (Rayan), Rossi (Erick Marcus) e Vegetti (Victor Luís). Técnico: Rafael Paiva.

Fonte: Esportes

Continue Lendo

ESPORTE

Atlético-MG vence o São Paulo e sai do jejum no Brasileirão

Publicado

em

Por

O São Paulo foi derrotado pelo Atlético-MG por 2 a 1 na Arena MRV, em Belo Horizonte, nesta quinta-feira, em partida válida pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro. Os gols do Galo foram marcados por Vargas e Paulinho, enquanto Lucas descontou para o Tricolor.

Com a derrota, o São Paulo, comandado por Luis Zubeldía, perdeu a invencibilidade de quatro jogos e permanece na quinta posição com 27 pontos. Já o Atlético-MG, que não vencia há três partidas, subiu para a décima colocação, somando agora 21 pontos.

Primeira Tempo

O jogo começou com o Atlético-MG pressionando e dominando a posse de bola. Aos 12 minutos, Hulk cobrou uma falta de longa distância, e o goleiro Rafael espalmou para dentro da área. Vargas aproveitou o rebote e abriu o placar para o Galo.

O São Paulo reagiu rapidamente. Aos 17 minutos, em um escanteio, Lucas dominou a bola na área, girou e chutou rasteiro, empatando a partida. O Tricolor quase virou aos 21 minutos, quando Luciano finalizou com perigo após um cruzamento.

Ferreira teve uma grande chance aos 22 minutos, mas o goleiro Matheus Mendes fez uma defesa crucial. O Atlético-MG voltou a pressionar e, aos 31 minutos, Scarpa chutou para fora após cortar para o meio. Aos 35 minutos, Igor Vinícius encontrou Ferreirinha, que chutou forte, mas a bola foi bloqueada por Battaglia.

O Galo voltou a assustar aos 36 minutos com uma finalização de Scarpa, defendida por Rafael. No entanto, aos 47 minutos, Scarpa chutou da entrada da área, a bola desviou em Paulinho e enganou Rafael, colocando o Atlético-MG novamente na frente.

Segundo Tempo

Mesmo em vantagem, o Atlético-MG começou o segundo tempo pressionando. Guilherme Arana quase ampliou o placar logo no primeiro minuto, mas Rafael fez uma boa defesa. O São Paulo quase empatou aos oito minutos, quando Ferreira finalizou colocado, mas a bola passou perto da trave.

A situação do São Paulo se complicou aos 13 minutos, quando Alan Franco foi expulso após atingir o calcanhar de Otávio com a sola do pé, após revisão do VAR. Com um jogador a menos, o Tricolor ainda teve uma chance aos 20 minutos, mas Matheus Mendes fez duas defesas seguidas em chutes de Luiz Gustavo e Luciano.

Com a vantagem numérica, o Atlético-MG dominou o restante do segundo tempo, administrando o placar e impedindo qualquer reação significativa do São Paulo. O Tricolor, apesar de algumas tentativas, não conseguiu superar a defesa do Galo e acabou saindo de campo derrotado.

 Próximos Confrontos

O São Paulo terá quase uma semana para se preparar para o próximo compromisso. Na quarta-feira, a equipe tricolor recebe o Grêmio no Morumbi, às 20h (de Brasília), pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro. Já o Atlético-MG volta a campo na terça-feira, quando enfrenta o Juventude no Mané Garrincha, em Brasília, às 19h.

Com a derrota, o São Paulo perde a oportunidade de retornar ao G4, enquanto o Atlético-MG ganha um fôlego extra na competição, buscando se aproximar das primeiras posições.

FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO-MG 2 X 1 SÃO PAULO

Local: Arena MRV, em Belo Horizonte (MG)
Data: 11/07/2024
Horário: às 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (CE)
Assistentes: Rafael da Silva Alves (Fifa-RS) e Leone Carvalho Rocha (GO)
Cartões amarelos: Battaglia e Hulk (Atlético-MG); Zubeldía e Luiz Gustavo (São Paulo)
Cartões vermelhos: Alan Franco (São Paulo)

GOLS: Vargas, aos 12′ do 1ºT (Atlético-MG); Lucas, aos 17′ do 1ºT (São Paulo); Paulinho, aos 47′ do 1ºT (Atlético-MG)

ATLÉTICO-MG: Matheus Mendes; Saravia, Battaglia, Bruno Fuchs e Guilherme Arana; Otávio, Alan Franco e Gustavo Scarpa; Vargas (Cadu), Paulinho (Palacios) e Hulk. Técnico: Gabriel Milito

SÃO PAULO: Rafael; Igor Vinícius (Rafinha), Arboleda, Alan Franco e Welington; Luiz Gustavo e Alisson; Lucas (Erick), Luciano (Wellington Rato) e Ferreirinha (Rodrigo Nestor); Calleri (André Silva). Técnico: Luis Zubeldía

Fonte: Esportes

Continue Lendo
WhatsApp Image 2024-03-04 at 16.36.06
queiroz

Publicidade

Câmara de Vereadores de Porto Esperidião elege Mesa Diretora